Ambiente e Território
Aeroporto de Lisboa: Associações Ambientalistas reuniram no dia 19 de setembro, com Partido Social Democrata
Data
20
Setembro
2022
Autor
Autor:
Geota

Organizações com expectativas positivas quanto à realização de uma Avaliação Ambiental Estratégica (AAE) rigorosa, transparente e participada

 

As nove organizações de defesa do ambiente que levaram o governo português a tribunal para travar o projeto de construção do Aeroporto do Montijo, após reunião com os responsáveis do PSD, puderam constatar um elevado compromisso da Direcção deste partido com a realização de uma Avaliação Ambiental Estratégica séria.

Aproveitando a ocasião para tornar clara a inviabilidade ambiental e legal da opção Montijo ou a manutenção da Portela, as ONGA coligadas apresentaram um calendário realista para a realização do procedimento de avaliação legalmente obrigatório, que começa com a crucial fase de definição de âmbito e termina no final de 2023 com a aprovação do relatório ambiental.

As ONGA reafirmaram que a transparência do processo ficaria irreparavelmente inquinada se, nesta fase, se voltasse a cair no erro de limitar a AAE a localizações concretas previamente definidas, pois a identificação das alternativas a comparar deve resultar apenas da fase de definição de âmbito da AAE. É também desta fase, que deve ser amplamente participativa, que resulta a definição dos critérios (os chamados Fatores Críticos de Decisão) a seguir na avaliação das alternativas de localização.

A coligação de associações de ambiente manifestou também todo o interesse e disponibilidade em participar, de forma interativa, com outros actores chave, na fase inicial da definição de âmbito de modo a identificar os riscos ambientais em presença e permitir assim qualificar e acelerar o processo de decisão.

Da ronda de reuniões que solicitaram as ONGA continuam a aguardar, com elevada expectativa, a marcação por parte do Governo e do Presidente da CML da reunião que oportunamente requereram.


Próximas etapas: reunião com Governo e Presidente da CML


Associações presente na reunião:

ALMARGEM – Associação de Defesa do Património Cultural e Ambiental do Algarve

ANP|WWF – Associação Natureza Portugal, em associação com a WWF

A ROCHA – Associação Cristã de Estudos e Defesa do Ambiente

FAPAS – Associação Portuguesa para a Conservação da Biodiversidade

GEOTA – Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente

LPN – Liga para a Protecção da Natureza

Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza

SPEA – Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves

ZERO – Associação Sistema Terrestre Sustentável

Partilhe este artigo
FacebookTwitterLinkedInWhatsAppTelegramGoogle
Ambiente e Território
Evento
20
Setembro
2022
Evento
Autor:
Geota
Em Destaque
GEOTA - João Dias Coelho participa em «Mundo a Seus Pés» do Expresso
Ambiente e Território
Ambiente e Território
João Dias Coelho participa em «Mundo a Seus Pés» do Expresso
15 de Nov., 2022
Autor: GEOTA
Ver mais
GEOTA - Vamos plantar mais 75 mil árvores autóctones na Serra de Monchique
Florestas e Biodiversidade
Vamos plantar mais 75 mil árvores autóctones na Serra de Monchique
10 de Nov., 2022
Autor: GEOTA
Ver mais
GEOTA - GEOTA contesta estudo de impacto ambiental sobre o projeto de construção da barragem do Pisão, Crato.
Ambiente e Território
GEOTA contesta estudo de impacto ambiental sobre o projeto de construção da barragem do Pisão, Crato.
11 de Ago., 2022
Ver mais
SUBSCREVA A
NOSSA NEWSLETTER
Fique a par de
tudo sobre geota